Escrever · Experiências

O desejo de escrever

Às vezes pode começar com uma simples palavra, um personagem ou uma cena e então vem a vontade de atropelar todo o seu planejamento para escrever logo aquela parte tão mais interessante -nem sempre importa se o que estava criando antes era igualmente estimulante para você, já não é mais! – e nada consegue tirá-la da sua mente a não ser colocando no papel (ou num novo arquivo no computador).

Analisando agora consigo ver que meu “problema” citado acima já poderia ter sido facilmente resolvido se tivesse separado um lugar para o tão falado brainstorm, onde essas ideias poderiam ser despejadas sem me perder com a história em si. Como uso mais cadernos e deixo o computador para pesquisa, melhoramento e revisão, frequentemente acabo com uma desordem sem tamanho. Procrastinando o necessário à medida em que descubro mais da história e fico andando em círculos sobre o momento de escrever as partes divertidas.

Estou melhorando aos poucos, juro.

Obviamente não tem só o lado ruim. Essa vontade de chegar logo e montar “o palco perfeito” para sua ideia é uma das coisas mantendo a história viva, seu interesse e inspiração. Por isso coloque pra fora um resumo do que deseja fazer e siga com o roteiro.

via Sugestão diária: Anticipation

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s